Semana passada foi correria, viajem pra lá e cá e nem deu pra eu postar as Imagens da Semana, agora estou com várias atoladas aqui, fiz uma seleção e lá vão algumas!!

Last week was a run, traveling around and now I'm stuck here with several pictures of the week(s). I made a selection, here we go!



Combinando a caneca com o tecido...
Matching the mug with the fabric ...

Tomando café e suco de  hortelã. Me arrependi de ter almoçado antes. Devia ter passado fome pra comer mais no café colonial... adoro cafés coloniais e suas gordices...

Drinking coffee and mint juice. I regretted having lunch before. I must have been hungry to eat more at the "colonial coffee" (kind of buffet) ... I love colonial cafés!

Bom, eu sou meio chata pra bolachas, praticamente nem como mais. De vez em quando compro algumas importadas mas daí ocorre o oposto: elas não tem gosto de nada! Só que desta vez achei comível o folhado italiano com recheio de amêndoa, mesmo eu não sendo fã de "Nutella". Já o "Café pra Comer", pelo que entendi, é uma novidade comercial nacional. Eu que sou cafélólotra gostei! Mas sugerirei à empresa ser menos doce - excesso de açúcar parece ser o mal dos produtos industrializados brasileiros - e com um pouco menos de gordura pra aumentar o gosto do café.

Well, I'm kind of "boring" for biscuits, the brazilian ones are very sweet. Occasionally I buy some imported but then the opposite occurs: they taste like nothing! This time I found an Italian pastry with almond filling, even I not being a fan of "Nutella" kind of cream. But the "Coffee to eat," is a new brazilian business. I liked! But I will suggest the company to do some changes... like increase the taste of coffee.

Gostei dos desenhos retrôs
I liked the retro illustration

Achei demais estar cercada de nuvens lindas! 
Too beautiful these clouds everywhere!
 

Nuvens, estrela e árvores. Inverno. ♥
Clouds, star and trees. Winter. ♥


Palmeiras Imperiais! 
Imperial Palms!

Essa rua é daqueles tempos que o solo não era impermeabilizado pelo asfalto e consequentemente quando chovia não alagava, a água era absorvida pela terra, indo para o lençol freático fazendo com que não faltasse água. E claro, deixava o ar mais fresco que o do asfalto... é, o mundo mudou. 

Streets like this is one are not so commom in brazilian big cities nowadays, which I think is a pity because streets dont get flooded when it rains since the water is absorbed by the ground.

Eu tô triste porque os marimbondinhos que moravam na casa de minha mãe se mudaram. Esses eram miúdos e eu adorava ver eles construindo a parede da "casinha" que é feita de madeira mastigada (se não me engano). Acho que com as chuvas o fundo caiu e eles mudaram às pressas. Tô com saudade... :(
Aqueles marimbondos tradicionais, maiores, de vez em quando também fazem casa por ali... não adianta,  a casa de minha mãe sempre foi uma "casa de bruxa". Não raro é possível ver teias de aranha no jardim ou em algum canto, minha mãe diz: "se os bichinhos escolheram morar aqui, porque vou tirar eles?" hahaha! Adoro!! E foi assim que desde novinha aprendi a observar a natureza e entender que podemos viver em harmonia...

I'm sad because the little wasps moved on from the garden of my mother´s house. I loved seeing them building their "house" that is made of chewed wood (if I remember correctly). I think with the rains, the bottom fell out and they moved hastily. :(
My mother´s house has always been a "witch house". Often you can see cobwebs in the garden or somewhere, my mother says, "if the animals chose to live here, why should I put them off?" hahaha! I Love it !!
 Linda arquitetura...
 Beautiful architecture ...

Ter uma mãe nutricionista é sempre ter livros de alimentação saudável pra pegar emprestado.
Having a nutritionist mother is to always have healthy eating books to borrow.

E fazendo a faxina nos meus arquivos de décadas passadas, encontrei essas coisinhas dos anos 90! 
O tamagotchi de gatinho é de 1995 se não me engano, o chiclete de latinha deve ser 1996... o perfume do boticário e os tazos não lembro a data. 

And doing the cleaning in my archives of past decades, I found these little 90s things!

 O cinza desbotando pro amarelo depois de um mês.
 The gray fading to yellow after a month.

  Minha nova tiara/coroa de rosas negras com um pêlo da gata em destaque...
  My new tiara/crown of black roses with a cat hair highlighted...

Estudando História da Moda...
 Studying History of Fashion ...

No Imagens da Semana #1 postei uma foto desse morro com nuvens, agora posto ele num lindo dia de céu limpo.
At Images of the Week #1 posted a picture of that mountain with clouds, now, in a beautiful clear day.

Eu estava na casa de mami e conversa vai, conversa vem e ela me disse que há duas quadras atrás dali, tinham construído "uma casa de vidro". E eu: "tipo a do filme??" E ela: "é... tipo, mas não é a casa toda, na verdade eu fiquei de olho nos gatos, tinham 4, um no sofá, outro na escada....blablabla".
E eu pensei: "quero ver essa casa!". Daí coloquei um look básico de caminhar na quadra e montei a "missão de xeretar a casa de vidro da vizinhança"... 

I was in mommy's house and she told me that two blocks behind there, a family had built a "glass house". And I, "like the one from that movie??" And she: "... is kind, but is not the whole house". And I thought, "I want to see this house." Then I put a basic look to walk on and I went to the mission of take a look at the neighborhood glass house ...

pausa no condomínio vizinho encontrar companhia para essa missão xereta.
pause nat eighboring condominium to find company for this nosy mission.
 

pernas...
 legs...

não sou apenas a louca dos gatos, mas também a louca das frô e sempre fico de zóio nesse hibisco cor de rosa do vizinho! Cor de rosa, saca? cor-de-rosa! EVEJA porque os meus são todos vermelhos...

I'm not just the crazy cat lady, but also the crazy flower lady and always keep an eye at this pink hibiscus from my neighbor! Mine are all red ...
 

até que chegamos! um dos gatos da "casa de vidro" reconheceu uma gateira-mor e veio me recepcionar.

 until we arrived! one of the cats from " the  glass house" recognized a crazy cat lady and came greet me.


e bem... aí está a casa... não é exatamente toda de vidro, só a "parede" da área da sala, piano, escada e jantar.  É ousada, exibicionista, BBB, indiscreta e Suicide Girl (pois revela o íntimo kkkk).
E tinha mais 3 gatinhos no sofá!
As fotos saíram ruins porque: 1: eu tava com medo de alguém achar que eu tava sendo inconveniente e 2: como manda a lei de Murphy, o cel resolveu pifar... pois é migas...
E sim, a casa dá pra rua mesmo, do outro lado da calçada tem outras casas. Mas como é bairro, não passa muita gente na rua.

and well ... here it is ... the home is not exactly all made of glass, only room area, piano, stairs and dinner. It is bold, flamboyant, indiscreet and very modern! And I had 3 more kittens on the couch! The photos came out bad because: 1: I was afraid of anyone thinks I was being inconvenient and 2: as required by Murphy's Law, the phone camera fails ... truth! And yes, the front of the house is for the street, across the sidewalk has other houses. But for being a district, does not pass a lot of people on the street.




Na praça. Encasacada. E o batom é o Color Make. Em mim ele dura menos que o da Tracta nos lábios, nessa foto ele já apresenta falhas nos lábios após 2h de uso.

In the square. A cold day. My new black lipstick from Color Make starts to fade after 2h using it.




Essa é de ontem (mesma cara em todas as fotos).
This is from yesterday (same face in every picture).

Té mais!
See you soon!



P.S.1: Cabei apagando meu post anterior sobre 1 saia, 2 looks porque o publiquei  no Tumblr. Depois explico como vou dividir as blogagens entre aqui e lá ;)

P.S.2: Também vou deixar vocês com esse texto, de uma pessoa que pensa de forma alternativa, que propõe uma espécie de mudança de comportamento, um "capitalismo mais ético", o vencedor do prêmio Nobel da Paz, Muhammad Yunus. 


10 Comentários

  1. Adorei as fotos! ^^
    Eu também amo flores... ♥
    Coragem dessa pessoa da casa de vidro... eu pensando em construir uma casa com muros altíssimos pra evitar gente olhando e essa pessoa com paredes de vidro em plena sala... cada um com seus gostos né!? rs
    Vou lá ler o outro texto que você deixou agora.
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou FÃ de privacidade! Por mim pode ter muro, árvore, sei lá mais o quê só pra eu ficar de boas na minha casa, se eu quiser sair de toalha, de biquini, eu posso sem ninguém ficar de zóio. Eu só teria casa de vidro se eu morasse na floresta.

      Excluir
  2. Voltei só pra dizer que o texto é incrível!
    Pessoas assim me fazem acreditar que o mundo não está de todo perdido... ^^
    bjin

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Mone! ♥
      E ele pode inspirar outras pessoas a ter coragem de fazer a diferença, já que todo mundo se acomoda ou desiste quando tem ideias muito diferentes. Ele nadou contra a maré, ajudou pessoas e foi mundialmente reconhecido por isso.

      Excluir
  3. Adorei suas imagens da semana!
    Também sou apaixonada por nuvens. Sempre que estou em algum ônibus, carro, ou fazendo uma viagem, observo o céu. Tras paz, tranquilidade e uma nostalgia da epoca em que só precisa me preocupar com dever de casa. É um daqueles prazeres simples da vida que me faz feliz.

    Legal vc guardar coisas antigas que fizeram parte da sua infância/adolescência. Como voltei recentemente pra casa, estava organizando algumas coisas e reencontrei um saco com os meus cards de x-men q colecionava. Tazos e tamagotchi são infancia demais! <3

    Quanto a casa, nuuuuuus. Jamais conseguiria morar em uma casa assim. Sem privacidade alguma.

    N sabia q vc gostava de gatos <3

    Esse livro é o do Boucher ne? *-*


    Li esses dias essa matéria. Esse homem é uma inspiração! Gostei muito da atitude dele em ajudar verdadeiramente as pessoas.

    Te deixo com mais uma inspiração:
    http://www.mundogump.com.br/yacouba-sawadogo-o-homem-que-venceu-um-deserto/

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Mariana... amo o céu, nuvens...sou fascinada pelo espaço. E olhar pro céu faz a gente divagar mesmo.
      Eu guardo! Sou apegada a algumas coisas e até acumuladora. Com o passar dos anos o volume de tralha vai aumentado kkk
      Sobre a casa, o que me intriga é que ela não tem muro, então eles enxergam a rua e a rua enxerga eles. Eu teria uma casa com uma parede assim se desse pra um jardim, um pátio, e até pra frente a casa, mas daí eu teria muro pra manter a privacidade.
      Esse livro é o História da Indumentária e da Moda de Bronwyn Cosgave. Eu tenho o do Boucher também mas esse da Bronwyn também é ótimo!!

      Que coisa linda a história que você me passou do Yacouba, muito obrigada! Cada vez acredito mais que dá pra fazer as coisas como a gente quer/pensa, independente se os outros creem na gente ou não, só precisa vontade e perseverança. Uma pena que as pessoas não compartilhem mais estas histórias boas e prefiram focar nas coisas ruins. A técnica dele pode ser adaptada pras áreas de solo desértico ou empobrecidos aqui do Br. O que acho legal nessas pessoas é que elas compartilham conhecimento, não guardam pra si pra enriquecer sozinhos. Fazem a diferença. Vamos torcer pra ele conseguir a grana e comprar de novo a terra que perdeu. ♥

      Excluir
  4. Sana! Também adoro café colonial! Aqui em Curitiba tem alguns, quando vou nem como pelo resto do dia, porque eu vou fundo nas guloseimas!
    Também sou chata para bolachas! Eu gosto daquelas amanteigadas que vem numas latas bonitas, mas descobri que tem que ser as do Paraguay, porque as daqui não tem o mesmo sabor!
    Ontem estava andando embaixo de uma cerejeira, e estava cheia de abelhas pretas, daqui do Brasil, sem ferrão, lembrei de você. Adoro elas, vou ter uma colmeia na sacada do meu apartamento um dia! (da africanas não gosto, não são muito dóceis).
    Eu vivia comendo deste chiclete!!! E também adoro flores! Especialmente magnólias, cerejeiras e pitangas! Lírios dágua tb!
    Beijos! Adoro seus posts de imagens, como este!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ADORO cafés coloniais Vív!! É gordice atrás de gordice: temos que aproveitar a vida! kkkk
      hmmm eu costumo comprar dessas de lata, tinha uma de Portugal, mas que é meio sem gosto, acho a da Dinamarca melhor, as do Paraguay nunca procurei! Vou atrás!
      hmmm será que são essas abelhas pretas que estão na minha camélia? Tá cheio de insetos pretinhos nas flores mas eu não sei quem eles são...

      Excluir
  5. Sana saninha rs
    eu adoro esse post que vc faz de fotos da semana,e vai falando,sério eu amo.
    Vc coloca fotos lindas,e parece que estamos conversando pessoalmente. ♥
    Eu sou a louca dos gatos e das plantas tbm kkkkk ando na rua e vou parando conversando com os bichos e com as plantas kkkkkkkkkkkkkkkkk
    fiquei enlouquecida por esse anel e por esse condomínio que lindo.
    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gosta Gio! Eu estou curtindo fazer eles, porque daí fica como um registro, um diário do que foram meus últimos dias.
      Esse anel é de pedra bornita, a "pedra da felicidade" é da Miniminou, mas acho que vc encontra a pedra por aí pra vender ;)
      Bjs

      Excluir

Obrigada pela interação. Os comentários serão respondidos aqui mesmo ^-^