Nunca fui uma princesa Disney

Nunca fui uma princesa Disney.

Ilustração de Errol Le Cain

Lembro de quando criança assistir Branca de Neve e ficar o tempo todo olhando pra trás no cinema. Ela me entediava.  Mas eu adorava a roupa dela!

Lembro que minha mãe assinava revistas Disney (e também as da Turma da Mônica e da Luluzinha) para que eu aprendesse a ler rapidamente e me divertindo. Quando as revistas chegavam, eu folheava as páginas e ia direto pras histórias da Maga Patalógica e da Madame Mim. Ou então as da Margarida! Adorava a Margarida (ainda adoro), ela tinha atitude, era engraçada e não era uma mocinha passiva...

Eu gostava da Princesa Aurora, a Bela Adormecida! Numa das revistas Disney, o castelo da Bruxa era tão lindo, mas tão lindo, num abismo cercado de espinhos que eu achava aquilo aterrorizante e fascinante.

Como adorava Contos de Fadas, um dia meus pais me presentearam com uma coleção de livros dos Contos de Grimm e Contos de Andersen e percebi que eles (Grimm) eram os reais autores da Bela Adormecida, da Branca de Neve, assim como da Rapunzel. Algumas histórias destes autores eram bem soturnas, mas talvez tenha sido bom pra mim, porque Contos de Fadas não eram somente finais felizes. Podiam ser reflexivos.  

Minha mãe me dizia "todas as mulheres são bruxas" - quando ela dizia isso, era porque as mulheres entendiam o ciclo da vida, tinham ligação coma natureza. Mas uma vez alguém me disse que nem todas as fadas eram boas. E, quando mais velha, li um pouco sobre fadas irlandesas, diziam que elas habitavam lugares escuros...


Não sei se um dia serei uma princesa Disney. Talvez o imaginário de Grimm tenha ficado muito forte em mim. E não apenas isso, as ilustrações dos meus livros (ainda os tenho) são tão ricas - ilustrados por Beverlie Manson e Errol Le Cain!! - que marcaram a minha mente de criança. Aquele mundo fantástico, surreal e colorido...

Acho que sou uma princesa de outros contos de fadas, de outros autores, de outros ilustradores, de outro mundo...
 
 

 As fotos do post são ilustrações de Beverlie Manson e Errol Le Cain. São riquíssimas ilustrações para a mente de uma criança...


12 comentários:

  1. Maravilhoso seu post...

    Pena que eu nunca fui de ler quando criança!! Aderi a esse habito depois de adolescente/adulta!

    Beijos.


    http://kallyneangelos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas que ótimo que adquiriu o hábito mesmo depois crescida! Eu não sei viver sem livros e devo à eles parte da minha mente imaginativa rsrs!
      Bjs!

      Excluir
  2. Que ilustrações mais lindas! *--*
    Tô encantada... ^^
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São muitos detalhes, muitas cores... ♥

      Excluir
  3. Amei essas ilustrações. Tipo, quando era criança meu sonho era um livro de conto de fadas de capa dura, letras douradas e cheio de ilustrações. Eu preciso, totalmente, ver se esses livros iguais aos seus ainda são vendidos. <3
    E princesas disney são mais resilientes que rebeldes e contestadoras. Aí uma hora fica sem graça. É por isso que todo mundo ama a Mulan (que não é princesa, mas é destruidora e rainha a seu modo)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amarenna, procura em Sebo! Os meus tem a data de lançamento (original) de fins de 1970 até meados de 1980.
      Você as acha resilientes? Eu as acho também um pouco passivas (algumas), o que eu gosto nos contos de Grimm é que as vezes os nobres se dão mal, então não fica só naquele mundinho de que ser rico é tudo é sempre lindo, perfeito e com final feliz.

      Excluir
  4. Eu me lembro de amar os enfeites de cabeça da bruxa da Bela Adormecida, que eram uns chifres enormes...mas a primeira referência de mulher que tenho da infância é a Elvira. Nos maravilhosos anos 80, "Elvira, a Rainha das Trevas" passava na Sessão da tarde, mesmo com todas aquelas piadas de conteúdo sexual....HIUAHIUAHUIAHIUA e eu AMAVA! Eu queria ser ela...excêntrica, sexy, divertida..Todo mundo queria ser princesa...eu sempre fui a bruxa =P

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lauraaaaaaa que saudade docê menina ♥
      Eu só vi a Elvira depois de conhecer os livros então ela não é minha primeira referência estética de bruxa. Mas temos algo em comum: a Malévola do desenho Disney foi também minha primeira referência de bruxa, como eu disse ali no texto. Eu lembro de assistir a Elvira e também não entender muito as piadas, mas a imagem era forte demais, era divertido, eu assistia! Ah maravilhosos anos 80 kkkkkkkk

      Excluir
  5. Nossa Sana, parecia que lia uma descrição da minha infancia!
    Eu quando menina ganhei vários livros. Uma coleção chamada "As 4 estações da Disney", com 365 histórias - que tenho até hoje! - com os personagens da Disney, e outra com algumas histórias bíblicas e de fadas misturadas.
    Após ler todas estas, enchi tanto a paciência da minha tia para me emprestar os livros dela - da série Vagalume! - que ela me emprestou os livros da biblioteca do meu avô. Eram os "Novo Tesouro da Juventude", e neles tinham as versões originais de várias histórias de contos de fada. E com ilustrações a mão em preto e branco muito lindas. Adorava as originais, e peguei nojo das versões da Disney. Exceto a Mulan. A Mulan era minha heroína <3
    Numa das histórias do Tesouros, tinha uma ótima: contava sobre um principe a procura de uma noiva, para poder assumir seu trono. O pai dele antes de morrer recomenda: procura a mais feia e a mais bela. O coitado vai em todas as aldeias que nem doido, e em todas lhe apontam a mais bela e a mais feia das moças. Na mais afastada, acontece a mesma coisa. Nesta vila, vivia uma moça muito pobre, sempre suja e mal vestida, e uma muito rica.
    Bom, para resumir: a rica faz da visita do principe um inferno, e cabe a mais pobre salvar a pele dele (ele sai com a roupa rasgada, enjoado, sujo, fedido...imagina!). Ela então lhe dá comida, costura a roupa, lhe dá remédio...E ele sai dali sem falar nada.
    Pois eis que ele volta no dia seguinte, a leva para a igreja e se casa com ela. Moral da história? "Dentre todas, a mais bela em virtudes, e a mais pobre em astúcia e malícia."
    ;)

    ResponderExcluir
  6. Os irmãos Grimm e seus contos são minha eterna paixão, leio desde a infância e, após a primeira leitura, nunca mais olhei com os mesmos olhos para os filmes das princesas Disney.
    Desmodablog.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela interação. Os comentários serão respondidos aqui mesmo ^-^