Tag: Espelho, espelho meu

Essa Tag é indicação do blog da Jaque, o 4sphyxi4. Ela disse que quem quisesse podia responder e cá estou (demorei!!) pra ver se me animo a dar um up neste blog.

Lendo as perguntas e as respostas das meninas que participaram dessa Tag, achei as minhas respostas bem diferente das delas. Eu viajei legal nas respostas, afinal, são perguntas hipotéticas, então eu também dei respostas hipotéticas! Mas eu imagino que vai ter alguém que não vai entender que são hipotéticas e criticar, sempre tem...

O que seria da cultura alternativa se a gente não brincasse com o conceito de corpo? 
Tem gente que adora ser como nasceu, como as meninas que li as respostas, mas eu gosto de me mudar a cada fase que tenho na vida. Acho que mereço me tornar a "pessoa" que quiser através da aparência! Gosto de brincar com moda, com arte!

Tem quem tinge cabelo de colorido, quem se tatua, quem faz tight lacing... a história nos mostra que o desejo de modificação da aparência é do homem e não há nada de errado com isso.
E querer se mudar não tem necessariamente a ver com falta de auto estima e falta de auto aceitação e sim, expressar quem você se sente realmente por dentro! E pra isso precisa-se ter auto estima!

Que diríamos daquela subcultura japonesa que escurece a pele pra se assemelharem ao negros? Ou das meninas que viram bonecas? E o que seria da Elke Maravilha sem suas perucas inspiradas em cabelos dreads - ela sempre declarou que não curte seu cabelo louro!

Então, achei isso legal na tag, a oportunidade de dizer que assim como essas pessoas citadas, eu desejaria sim coisas diferentes, pra criar a pessoa que quero ser. Eu não seria eu se não quisesse me mudar o tempo todo e talvez por isso mesmo eu tenha me interessado por arte, moda e história - porque me ensinaram que o ser humano sempre brincou com estéticas e que isso é super!

Gosto dessa imagem, acho que tem a ver com "como nasci/fui criada" e como eu me enxergava/queria ser. 

01.Você gosta de seu nome ou mudaria?
Sempre tive problemas na escola com meus nomes, ninguém sabia pronunciar corretamente. Aí fico pensando... pô, se me tivessem dado os nomes de "Ana" ou "Maria", minha vida seria BEM mais fácil. kkkkk Por que os pais complicam nossas vidas com nomes incomuns??
Descobri há pouco tempo que a lei brasileira permite que um cidadão troque de nome entre os 17 para os 18 anos. Passou disso, só na justiça.
"Sana" é um nome comum especialmente na Índia e no Oriente Médio. Tem origem persa/árabe e significa "a brilhante", "a aurora do dia", "o amanhecer", "esplendor", "radiante". Deriva de Rossana, Roxana, Roxanne... e ficou mais popular a partir do século XVIII.

02. Gostaria de ser mais velha ou mais nova?
Eu tenho paixão por cultura juvenil!! Não à toa tenho esse interesse no estudo de culturas de juventude/subculturas.
Eu adoro conversar com jovens especialmente pré adolescentes e adolescentes, seja de qual classe social for ou qual estilo. Sou fascinada pela forma como eles "entendem" o mundo e como se expressam nesta idade.
 
Queria ser mais nova, até quando eu era nova! Mas veja bem, isso não tem nada a ver com negar ou não aceitar a idade que tenho. Até porque tempo não volta e - modéstia à parte - eu acho que estou até bem pra uma balzaca! A pergunta é hipotética, então vamos lá!
Lembro que quando eu tinha 17 eu queria ter 15 enquanto minhas amigas queriam ter 18 logo! Talvez porque eu sempre tenha sido muito juvenil (de espírito) e fui percebendo que ser juvenil não era algo bem aceito na medida que eu ia crescendo, tínhamos que ser "mulheres", "sensuais" e eu: WTF?? não me sinto assim (eu sempre desencaixada nesta vida...).

Mas também acredito que seja porque quando se é mais nova você pode fazer loucuras e isso é tolerado. Quando mais velha você tem que ficar prestando contas sobre o "porquê" fez aquilo, "por que plantou bananeira, você já tem 30 anos!", "porque tá usando essa roupa?", "nossa que vergonha uma mulher na sua idade se comportar assim"
Ai que regrinhas chatas...
Do tempo não se tem escapatória, mesmo sendo jovem de espírito.

03. Você gostaria de ter nascido loira, morena, ruiva, negra ou mulata?
Queria ter nascido loira porque não precisaria descolorir o cabelo pra pintar das cores do arco íris. Fora que eu poderia tingir de ruivo usando oxigenada de 10 volumes e não a de 30 ou 40! Descoloração sucks!!
Mas eu nasci ruivinha e depois fiquei castanha.
Meu tom de pele é amarelado, por mim ok ter nascido com essa cor, eu gosto, não mudaria. Latinidade rules. 

Ah, mas lembrei que tive uma fase de querer ser branca a todo custo! Xingava o sol, não ia na praia e ficava emburrada quando os programas envolviam ar livre. Daí um dia percebi que eu tava inconscientemente reproduzindo um pensamento vira latas de não aceitação da minha miscigenação brasileira, tipo "as góticas gringas são brancas de morte PRECISO ser também"; e que isso não tinha nada nada nada a ver com meu estilo de vida. Daí, mandei um singelo phoda-se pra esse "embranquecer" que é uma reprodução de uma imagem do exterior e desde então sou infinitamente mais feliz. 
O sol é quente porque é uma estrela e eu quero ser parte do brilho estrelar dele *_*
 
04. E quanto a cor dos olhos, azuis, verdes, castanhos ou pretos?
Não me importo de ter olhos castanhos, eu posso usar lentes de contato pra mudar de cor!
E não tenho nenhum problema em dizer que adoro mudar a cor dos meus olhos artificialmente, faz parte da minha auto expressão estética. Na verdade quero testar mais e mais cores de lente (mas sou viciada na cinza...).
Nas fotos pode não parecer muito, mas pessoalmente dá pra ver de cara que uso lente colorida, é artificial e todo mundo nota. Mas isso é o de menos pra mim, eu não escondo.

E vale dizer também que sou míope, o que faz com que minha relação com meus olhos seja algo diário, então, se eu preciso de lentes pra corrigir um "defeito" visual, porque não me divertir em cima disto?? Why so serious?
 
05. Seu cabelo é natural ou tingido?
Tingido. Tingi direto dos 14 aos 18, fiquei uns 2 anos sem pintar e agora tem uns 10 anos direto que não uso na cor natural.

06. Gostaria de ser mais alta ou mais baixa?
Mais alta! Tipo 1,80 no mínimo! E usaria plataformas e saltões pra parecer uma ET (ETs são altos??).

07. Gostaria de ser mais magra ou mais encorpada?
Eu sempre fui magra e adoro ossos e esqueletos do corpo humano, acho-os lindos!!
♥ ossinhos ossinhos ossinhos ossinhos ossinhos
Segredo: eu sempre reparo nos ossos das pessoas...
Sim, eu sou estranha. Mas disfarço bem. Ou não hehe 

08. Você é mais menininha ou desencanada?
O que seria menininha e o que seria desencanada? É no sentido de moda ou comportamento?
Desencanada talvez seja uma coisa meio jeans, camiseta, chinelo, relax brô? 
Se menininha for algo tipo "feminina", sim, eu prefiro peças mais femininas. Mas nas atitudes me acho desencanada.

09. Você prefere calça jeans ou shorts jeans ?
Nenhum. Não uso esse tecido (blue jeans). 

10. Prefere vestido ou saia?
Saia. Porque com uma só, posso usar dezenas de blusas e variar nos looks!

11. Prefere macacão ou jardineira?
Nenhum dos dois. Talvez eu arriscasse uma salopete por ser saia embaixo.

12. Prefere usar sapatilhas e/ou saltos? Ou tênis e chinelo?
Prefiro sapatilhas e sapatos baixos no dia a dia. Saltos só se for anabella ou plataforma. 
Chinelo vou na praia e tênis pra exercício físico. Mas tem All-Star né? Esse eu uso no inverno o de botinha.

13. Você compra mais produtos de maquiagens e/ou cosméticos? Ou roupas e acessórios?
Quase não compro maquiagens e cosméticos. Posso passar meses sem comprar nada desta categoria. 
Compro com certeza mais roupas e acessórios.

14. Você se arruma mais pro dia, tarde ou noite?
Tarde!
De manhã só quero colocar uma roupa prática. Se eu for sair à tarde (ou trocar a roupa para esse horário) piora, porque eu tendo a me arrumar muuuuitoo!!
À noite é o horário que tenho um pouco de dificuldade de me vestir porque inconscientemente tem aquela história de que na nite os gatos são pardos e que a gente precisa seduzir ou conquistar pessoas, como se a gente precisasse "montar" um personagem. Então eu preciso de cautela pra não vestir um personagem e sim, vestir eu mesma mais elaborada. Mas acho que isso depende de onde se mora sabe? Porque se eu morasse numa cidade super quente como o RJ acho que eu seria mais desencanada com os trajes noturnos...

15. Qual celebridade você gostaria de ser?
Celebridade... alguma bem ryca e poderosa mesmo...tipo a Oprah!
Meu nome ia ser "Soprah" (S de Sana né?)

16. Defina-se em 3 palavras:
Maravilhosa, inteligente e Dyva!
kkkkk :P
Não, péra!
Punk, gótica e rocker!
Calma que eu tô indecisa. Posso ser tudo isso junto?

Indicação pra responder a tag: a Dyva vai indicar todas dyvas leitoras deste blog! :D
Só não esqueçam de linkar.

11 comentários:

  1. Interessante teus pontos de vista, Sana!
    Eu sou alta e queria ser um tiquinho mais baixinha, pois meus pés seriam menores e acharia sapatos.
    Queria ser mais velha só até os 18, dae queria ficar nos 18 a todo custo, depois queria ter 30 pelo resto da vida, pq é a idade que me senti mais feliz.
    Depois que descobri que meu nome significa "aquela que vive em função da pátria de cabeça de grama" - é isso mesmo hehehe - eu me divirto mais com ele. Só não aceito que me chamem de Viviane, afinal meu nome é lindo!
    E para quem pode mudar a cor do cabelo ou dos olhos, e se sente bem, que o faça sem dó. Somos donos de nossos corpos, não? Então o modifiquemos por nós mesmos!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou a mais baixa em casa Vívien, sente o drama! Acho que não dormi suficiente quando criança kkkkkkk
      O bom desta tag é que algumas das perguntas são bem hipotéticas né? Então a gente tem que olhar pra si e refletir e bem... se é hipotética, enfiarei o pé na jaca!
      "cabeça de grama"?? Nossa que exótico! Nessa categoria você ganhou!!
      Eu acho que os deuses não nos deram esse corpo molinho à toa... ele nasceu pra ser moldado à nosso gosto! :D
      Bjsss

      Excluir
  2. Po, até me deu vontade de responder a TAG.
    Sobre mudar a aparência, eu acho super valido, se você não ta se sentindo você mesma e mudar por fora vai ti ajudar de alguma forma: FAÇA, acho muito chato isso de querer ditar o "se aceite como você é", como é que você vai dizer o que a outra pessoa é? Eu ein
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode responder Fernanda, tá convidada! ;D
      A gente nasceu pra ser como é, mas a sociedade nos padroniza né? Até dá pra se sentir a gente mesma sem mudar, mas se a gente consegue mudar, aí ficamos mais felizes!
      Bjs!

      Excluir
  3. Como eu queria comentar tudo, eu bem respondi a tag... http://bruxadolago.blogspot.com.br/2015/09/tag-espelho-espelho-meu.html

    ResponderExcluir
  4. Sana você é demais, cara! ♥ De verdade! Pois adoro seu jeito único de ser, haja personalidade hahaha

    Eu também reparo nos ossos dos outros, principalmente os da clavícula e do maxilar, que acho bonito quem tem eles proeminentes ahsuhaus e eu odeio jeans, acho que a última vez que usei foi no ensino médio, pra ir pra escola, já que lá era obrigatório uniforme ou jeans.

    Ao contrário de você eu queria ter os cabelos naturalmente pretos... bem, mas bem pretos, os meus são castanhos claros e cara, que saco ter que tingir isso de 15 em 15 dias ajsuahsuahudh o mundo é tão estranho, ninguém nunca ta satisfeito com tudo, mas faz parte do ser humano. E quem não dirá dos alternativos? Não é? Cada dia eu quero algo diferente para inovar. E eu adoro isso!

    PS: Teu cabelo rosa + laranja tá mais que lindo ♥___♥

    Beijos!


    madessy.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lindona!!
      Pois é, sou meio viajante nem todo mundo me entende kkkkkkk
      Eu AMO clavícula!! Ô coisinha linda! E também aqueles ossinhos do pulso saltadinhos.. rádio acho que é o nome de um deles...

      Olha eu nem chamaria no meu caso de insatisfação sabe? Até evitei usar essa palavra... por causa de história da moda e tal, eu aprendi que o homem sempre gostou de se alterar, de se enfeitar não necessáriamente por insatisfação, mas por beleza, por status, por diferenciação na tribo, por referência de outras civilizações, a gente (especialmente os alternativos) parece que tem uma ousadia a mais de colocar isso em prática, coisa que as pessoas "normais" não tem e daí sim eu colocaria pra essas pessoas a palavra "insatisfeita", porque elas sofrem ainda a influência do padrão social e nem sempre sabem quem são ou tem a coragem de se mudarem estéticamente.

      Por isso acho curioso alternativos que criticam quem altera a aparência por meios artificiais dizendo que é falta de auto estima. Pra mim é o contrário: se alterar e assumir exige coragem!! A história do homem e a relação do mesmo com a aparência, que é algo que eu adoro estudar!

      Obrigada pelo elogio ao cabelo, vamos ver se desta vez dura kkkk

      Excluir
  5. shaushaushua.. adorei a TAG e suas respostas!

    Eu também acho essas regrinhas da sociedade tão chatinhas... pra quê isso né gente!? A vida é tão curta pra se prender a certas coisas que não vão te levar a lugar nenhum... ^^

    Achava que você tinha olho claro natural. Nas fotos nem parece tão artificial assim.
    A lente cinza é mesmo muito bonita. Eu tenho vontade de ter várias cores, mas como eu também tenho miopia e astigmatismo e meu grau muda com muita frequência, nem compensa eu sair comprando lentes de um milhão de cores se daqui um tempo já não vou enxergar com elas mais... rs

    Sobre querer modificar a aparência eu também super concordo com você. Inclusive tenho revisto muito meu pensamento sobre as pessoas se aceitarem do jeito que são. Pensado em até que ponto ele é benéfico e a partir de quando se torna uma prisão para a auto-expresão. Tava até pensando em escrever algo sobre quando vier a inspiração. ^^

    Mais uma vez! Adorei o post!

    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a vida é curta, então tem que aproveitar e fazer o que quiser!!

      Sabe que tem lentes que duram uma semana, um mês, três meses... com preço bem acessível. Acho que elas podem ser uma opção caso você decida se divertir com elas por um tempo já que seus graus oscilam muito.

      Sei lá... acho que dependendo do modo como o "se aceitar como é" é sugerido, parece que estão te podando a liberdade de escolha. Como se não devessêmos ter a ousadia de querer mudar. E o que te poda a liberdade é algo a ficar com o pé atrás...
      É verdade que tem meninas que sofrem muita influencia da mídia e querem ser como a atriz x, mas acho que isso tem muito mais a ver com baixa auto estima e falta de questionamento da sociedade...

      Bjs e obrigada! ;)

      Excluir
  6. Nossa, suas respostas são bem explicativas...
    Adorei ler suas respostas, porque mostra você uma pessoa bem interessante.

    A vida é muito curta e cada segundo passa muito rápido.
    Muito sucesso sempre.

    http://kallyneangelos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pela interação. Os comentários serão respondidos aqui mesmo ^-^