O manual de instruções

Tem gente não lê o papel das instruções da tintura de cabelo. Vai lá no youtube e procura "Como usar a tinta tal" e depois ainda deixa uma dúvida nos comentários. Dúvida que está lá, claramente sanada e ilustrada no papel das instruções... 

Estamos desaprendendo a ler? Estamos focando na audição e no visual? Porque ao invés de continuarmos independentes no aprendizado, recorremos aos explicadinhos timtim por timtim do outro? Precisamos de ajuda pra pensar?

Ainda saberemos escrever? Ou só restarão garranchos por falta de prática da escrita?

Eu sento e e leio as instruções completinhas do produto em silêncio, comigo mesma ou tomando um café, refletindo, aprendendo. Gosto do processo da descoberta solitária, aprender e se sentir capaz de fazer tudo. E se rolar dúvida, reler.

E eu fico com minhas caveiras, pensando... qual a psicologia do ato de confiar mais num vídeo do que nas instruções do papel? Qual o ponto que a pessoa faz esta escolha? Será que se sente menos solitária? Será que se sente mais auto confiante? Será que pensa que por ter outras meninas usando, também será parte de uma turma e será abraçada? Será medo te tomar uma decisão sozinha, raciocinando por si mesma?  
Será que procura aceitação, compreensão, ser ouvida, algo que um pedaço de papel não pode lhe dar?

Ler é um aprendizado, uma pausa no tempo/espaço onde você fica com você mesma.


 

6 comentários:

  1. Ler eu gosto e muito, mas nunca tive paciência para manuais de instrução... meu negócio sempre foi fuçar até descobrir... rs
    Mas concordo com o que você disse. As pessoas estão ficando com preguiça de pensar. Preferem a resposta pronta do que a tentativa da descoberta solitária... ^^
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sempre leio, acho mais rápido de aprender rsrs! Só que: hoje muitos produtos tem manual de instrução virtual, ou seja, o empresário economiza no papel mas joga a conta de luz pra gente procurar o manual na web. É uma vergonha! Daí muitas pessoas vão mesmo descobrir por outras formas.

      Preguiça de pensar... é, e em alguns casos isso tá me dando medo. Aceitar tudo que veem na TV e na internet sem questionar: Argh!

      Excluir
  2. Boa questão, Sana!
    Vc conhece alguém que lê bula de remédio? Eu leio!
    E aí a pessoa toma antibióticos, se sente mal e vai no youtube descobrir algo sobre o remédio e as soluções adotadas por outra pessoa. Não, definitivamente, não vai dar certo.
    Eu sou daquelas que não vê muito vídeo não. Prefiro ler, até porque acho que lendo me sinto mais integrada a pessoa que escreve. Me dá a impressão que, por eu ter dado meu tempo àquela leitura com calma e atenção, minha satisfação e meus comentários serão melhores.

    ResponderExcluir
  3. No geral eu não gosto de ver vídeos, só quando é tutorial, pois na maioria a pessoa só usa para se promover, se achar, fazer pose. Uma boa parte das pessoas vê e aplaude, mas me cansa. Gosto muito de ler e sentir o que o autor quis dizer com aquilo.
    www.rumorandhorror.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Muito bom esse texto, só li verdades, aprender é tão bom e a sensação de ter conseguido algo por seu próprio esforço. Sempre leio muitos livros, letrinhas nas embalagens, até minha parede é cheia de letras eu passo tempo observando ela vendo as frases, imaginando, gosto de aprender sobre coisas que as pessoas acham desnecessário ou que tem medo. Hoje em dia é super comum ver videos "ensinando" a PASSAR BATOM, OU COMO USAR TAL PEÇA DE ROUPA...é complicado rsrs

    ResponderExcluir
  5. Primeiro: que blogue legal! Achei lá na Madame Gio. Segundo: acho que as pessoas não leem por preguiça, mesmo. Ou as vezes nem sabem que está tudo ali, explicado na embalagem. Vai entender. Eu adoro ler as instruções, me sinto inteligente, kkk.

    ResponderExcluir

Obrigada pela interação. Os comentários serão respondidos aqui mesmo ^-^