Projeto de Escrita Mensal UA • Tudo aquilo que me inspira hoje.

Mais um projeto dos blogs aliados do Universo Alternativo! Desta vez o post é sobre "Tudo aquilo que me inspira hoje"




Natureza e Animais/Insetos
As florestas, litorais, animais e insetos me inspiram há muito tempo para a contemplação e a leveza necessária para encarar o dia a dia. 




Cristais
Tenho estudado cristais e ando fascinada por estas rochas
Compro alguns, faço pingentes e monto chokers ou deixo-os decorando meus cantinhos.



Sociologia
Eu sempre disse que uma das coisas que me faz me considerar alternativa é minha sensação de desencaixe no mundo. Mas ano retrasado comprei um livro de sociologia para leigos e pela primeira vez na vida senti que "alguém" me entendia. Confirmei algumas coisas, aprendi outras. Sociologia é o eterno processo de desconstrução e problematização sobre o mundo. Quem é questionador por natureza eu sugiro procurar ler sobre pois vai encontrar algumas respostas (creio eu). 


  
Budismo
Já falei numa série de artigos sobre Wicca aqui no blog que a bruxaria tem um conceito que me identifico desde muito novinha especialmente na questão do respeito à Terra e a natureza. Mas não tenho uma personalidade conformista e continuo não tendo nenhuma religião por não ser obediente a dogmas de forma alguma, mas acho que processos de aprendizado são sempre válidos. De uns dois anos pra cá tenho lido e aprendido sobre budismo que tem algumas visões de mundo que na verdade eu já tinha, como o poder do autoconhecimento, a superação ao apego às coisas materiais e à ignorância. É uma religião que não te obriga a nada, ela te mostra possibilidades e diz que todo ato tem consequências (assim como a regra de 3 da Wicca), as mulheres estão no mesmo nível que os homens na questão do lar e educação dos filhos (assim como na bruxaria onde as mulheres também podem fazer de tudo). Não interessa ao budismo o capitalismo, o "poder" da grana te ilude pensando que você vai ser capaz de comprar sua paz. O que posso fazer com minhas experiências é refletir, me autoconhecer pra me tornar uma pessoa melhor. A religião diz: mude a mente pra mudar o mundo. E isso é algo que Leon Tolstoi também fala que eu sempre curti: "Se queres ser universal, começa por pintar a tua aldeia. Todos pensam em mudar a humanidade e ninguém pensa em mudar a si mesmo". Mude sua mente. Mude seu mundo. Gosto de ter a mente aberta para aprender sobre tudo que é diferente do meu habitual.


 
Coisas Naturais 
Assisti ao documentário Venenos do Dia a Dia (assisti no Philos) e este me inspirou a me tornar mais inserida no universo natural. Se eu admiro a natureza, coisas naturais me inspiram também. Meu maior desafio neste momento é na questão cosmética. Tenho tentado dentro do possível trocar todos os meus cosméticos por produtos mais naturais, mas devido ao preço ser um pouco mais elevado o processo é lento. A maior dificuldade minha é com o cabelo, que considero muito importante na minha identidade, no que construí para ser eu. Passarei por um processo de redução de química nele pra recomeçar com produtos menos agressivos, mas isso é um projeto que dentro de dois anos acredito que tenha conseguido realizar. Este mês cortei 12 cm de meu cabelo e aos poucos vou cortando e cortando até essa química pesada ir embora.
   

Cabelos Curtos
Adoro cabelos curtos mas não tenho coragem de cortar beeeem curtinho (estilo pixie) pois tenho o rosto oblongo e acho que vou ficar mais cabeçuda ainda rsrs. Mas como recentemente cortei 12 cm do meu cabelo visando tirar um pouco da química pesada, creio que cabelos curtos ainda me inspirarão nos próximos anos. Aliás, vocês viram no Oscar deste ano a quantidade de atrizes de cabelos bem curtinhos? Eu amei!


 
Mulheres Incríveis!
Cada dia me inspiro mais em mulheres famosas ou anônimas que abraçam uma causa e lutam por ela. Acho que quem me fez acordar pra essa vida foi a Malala e aquele discurso maravilhoso que ela fez na ONU em 2013, passando pelas meninas das ocupações das escolas, as mulheres do movimento de empoderamento negro, enfim... Cada vez que vejo uma mulher de atitude percebo que ficar sentada reclamando ou deprimida com o mundo não é uma opção.


Até breve! ♥


Projeto de Escrita Mensal UA
Janeiro • A História do meu Blog Fevereiro 
• O que aprendi com a blogosfera.
Março • Tudo aquilo que me inspira hoje.
Abril • 5 blogs que sigo e admiro! (Underground, please!)
Maio • Coleção de fotos que nunca publiquei.
Junho • Três postagens antigas favoritas.
Julho • Sobre meu estilo pessoal.
Agosto • Memórias da minha infância / adolescência.
Setembro • 10 coisas pelas quais sou grata!
Outubro • Sobre amores da minha vida.
Novembro • Vivendo na era digital.
Dezembro • O que este ano me ensinou?



Blogues que sinalizaram interesse em participar dos projetos:
4sphyxi4 
Lady Dark's

Alternativa GG
Admirável Inconstância
Vultus Persefone
Eccentric Beauty
Relíquias da Lara
Panzoca
Women Rocker
Alkymist
Necro Side
This is my world
All Mine
Rumor and Horror
Tory Belmont
Corp. Goth. Ltda

Dias de Cheshire
Jess Ribeiro
Trilunaa
Sexo,Fraldas e Rock n Roll 

18 comentários:

  1. Adorei o post! Nunca me senti tão ligada a natureza, mas aos animais é outra história, amo, converso... uahuahu E adorei a sua iniciativa quanto a coisas naturais, por questões financeiras, é um processo longe da minha realidade. Cabelos curtos são uma maravilha, demorei pegar coragem, mas quando foi, foi incrivel, agora já cresceu, foi há 2 anos, mas a vontade de cortar de novo logo logo bate.

    Bites!
    Tary Belmont

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou aquelas que para na rua só pra ficar observando insetos ou árvores hahaha! Essa é a vantagem dos cabelos: eles crescem! Praticar o desapego é algo que estou aos poucos progredindo!
      É uma pena mesmo produtos naturais serem caros, se não fossem, mais pessoas eram adeptas.
      Bjs e obrigada pela visita!

      Excluir
  2. Oi, Sana!
    A sociologia também me encanta muito, é uma das áreas que mais gosto de ler (às vezes mais do que História!). Aliás, acho que temos gostos muito parecidos né? ^^
    Li o livro da Malala um tempo atrás e chorei demais, também mudou muito a forma que eu via o mundo e até mesmo o Oriente.
    Tô ensaiando cortar o cabelo beeeem curto, mas meu sonho mesmo é passar a máquina em tudo hahaha

    Beijos <3
    Alternativa GG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! Temos muito em comum!
      Impressionante como sociologia tem explicado muitas questões pra mim.
      Passar a máquina deve ser libertador! Eu queria cortar pixie tipo Michelle Williams, Emma Watson... um dia chego lá! :D
      Bjs!

      Excluir
  3. Acho incrível como temos coisas em comum! Sempre quando vou à Igreja com a minha mãe, ou quando leio sobre qualquer outro dogma religioso, me sinto dessa forma. Capto a ideia por trás do simbolismo e isto me basta, sem necessariamente me sentir sujeita à nenhuma doutrina... me identifico com um pouco de cada, se é que poderia dizer assim. Nesse caso, acho que você falou tudo o que penso tbm, e já li um bocado sobre Budismo tbm. Grande beijo! :3

    4sphyxi4.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jaque, muitas coisas, por isso estamos aqui no mesmo círculo! Eu até teria uma religião se eu aceitasse dogmas, mas não nasci com essa energia rsrs, mas é isso mesmo, todas tem algo a nos ensinar e isso só alimenta nosso crescimento como pessoa!
      Bjs! ♥

      Excluir
  4. Amei seu post Sana.
    Não citei no meu,mas os animais e insetos realmente nos inspiram,a fidelidade deles me comovem.
    Sobre coisas naturais,eu tbm tenho buscado colocar na minha vida formas diferentes de consumo,algumas coisas e hábitos são bem complicados de mudar,outras difíceis de encontrar,mas é um processo bem gostoso e interessante.
    Com relação a cosméticos é um tanto complicado,eu tenho feito experimentos hehe
    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gio eu vi que você também tá nessa fase natural, vi umas receitas que me interessaram muito, eu até salvei os links. E você tá certa, certos hábitos são complicadíssimos de mudar, mas se a gente já tem a consciência, fica mais fácil de tentar evitar. ^^
      Bjs ♥

      Excluir
  5. Oi Sana gata diva mor, amei sua postagem! O sentimento e a conexão com a natureza é sublime, adoro estar rodeada por ela. Quanto a mulheres incríveis, olha... é só amor por tantas e tantas que surgem a cada dia, inclusive ao nosso redor, quebrando tabus, preconceitos e lutando cada dia mais pelo direito de simplesmente ser! Cristais sou suspeita pra falar por que já quero aumentar minha coleção, que amo demais!

    Bjo linda!

    https://ladydarks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho legal que a gente pode encontrar estas mulheres em todo lugar, sempre tem alguém que a gente ouve falar que tá fazendo alguma coisa. Sempre curti cristais, mas só recentemente comecei a estudá-los, está sendo uma delícia! :D
      Bjs! ♥

      Excluir
  6. O estudo sobre venenos (bem sobre ervas e medicina natural) é uma coisa que queria me aprofundar, mas talvez num futuro próximo. quem sabe fazer um caderninho pra usar em histórias policiais como a Agatha Christie? hahaha Já li algumas coisas sobre o budismo e outras filosofias orientais, e acho legal aprender a ver as coisas pelo olhar de outros, especialmente quando os outros fazem parte de uma cultura tão diferente, pq aí a gente vê que as pessoas tem mais semelhanças entre si do que diferenças, no fim das contas. Sociologia era uma das minhas matérias preferidas no Ensino Médio, mas confesso que fiquei meio desleixada nos estudos dentro dela :P
    Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AHH Faça issooo :D
      Vou adorar conhecer seu caderninho de venenos!
      Adoro também essas culturas super diferentes de nós! Depois do budismo eu quero conhecer os campos do hinduísmo, porque no fundo olha a sociologia aí: somos mais parecidos do que diferentes! :D
      Eu gostava de sociologia na escola, mas na época eu não tinha a maturidade pra entender do jeito que entendo hoje O.o
      Bjs ♥

      Excluir
  7. Sociologia é uma baita de uma disciplina (???), gosto bastante, mas meu amor mesmo é, e sempre será, a filosofia, HAHAHA. Sinto que ambas andam lado a lado e mesmo assim se tocam meio que superficialmente, mas tudo bem.

    Também sou bem inconformista com religiões. Já fui da Umbanda, mas prefiro não me chamar de umbandista porque sinto que isso me limita. Não acredito só em Xangô, Oxóssi e Iansã. Minha crença é muito maior, muito mais ampla, e sinto que abrange de tudo um pouco. Budismo me chama bastante a atenção, mas nunca parei pra ler. Quem sabe, um dia. :)

    Cabelo curto é uma das coisas mais lindas do mundo, mas não gosto do meu muito curto porque das duas, uma: a) meu corpo fica desproporcional ao corte; b) meu cabelo fica armado. Tô pensando em fazer uma progressiva pra abaixar tudo de uma vez, UAHUHA.

    Olha, eu prefiro cosméticos naturais, mas confesso que sempre fico num impasse danado: se eu amo a natureza, por que vou ficar tirando dela recursos pra me beneficiar? Aí, no fim das contas, acabo mandando tudo pro espaço e usando o que tiver à mão mesmo, HAHA.

    Beijinhos.
    Burn Baby Burn

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Eu penso que antes de tudo que somos parte da natureza, não estamos separados dela. No meu caso não vejo problema em retirar recursos da natureza pra se beneficiar porque todos os outros animais, fungos e vegetais fazem isso. O meu problema é com indústrias que estão colocando nos alimentos e produtos, coisas venenosas que irão nos afetar a vida toda e isso não é divulgado visando manter lucros, mas há de se atentar para exploração indevida dos recursos naturais por outras empresas, isso já é um outro tema complicado. Mas no momento meu foco é tentar colocar menos veneno no corpo. ^^

      Acho que meu corpo também fica desproporcional ao corte curto (percebendo isso agora rsrs) mas não vou conseguir tirar a química mantendo ele longo :(

      Sim, também acredito que somos dinâmicos demais pra uma crença só hahaha
      Sociologia e filosofia andam juntas mesmo, por causa das correntes de pensamentos. Adoro filosofia também!
      bjs!! ♥

      Excluir
  8. Incrível Sana, é por isso que me identifico tanto contigo, porque temos muita, mas muita coisa em comum! Me identifiquei com tudo, sem exceções! Na escola sempre fui meio prá lá de Bagdá, nunca liguei muito para as matérias... Eu era daquelas que não era nem de humanas nem de exatas, eu sempre fui das artes mesmo, até que cheguei no ensino médio e conheci a sociologia, esta sim mudou minha vida. Mas sempre odiei ir pra escola, isso é estranho pra quem gosta de estudar, soa até contraditório kkkkkk

    Sobre religião, tenho exatamente essa mania de inconformismo, mas acho que é até legal, porque assim a gente consegue absorver o que cada religião tem de melhor... E pra mim o budismo e a bruxaria são fantásticos na mesma proporção.

    Beijos!!!

    Madessy
    [http://madessy.blogspot.com.br]
    [http://acasadelilith.blogspot.com.br]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não curtia ir pra escola e sociologia me encantou naqueles tempos, mas infelizmente não tive maturidade pra entender as teorias mais complexas, coisa que só estou começando a compreender hoje O.o
      Pois é, somos eternas inconformistas que ninguém manda hahaha! :D
      Bjs ♥

      Excluir
  9. Eu sou uma pessoa muito mais ligada à cidade do que à natureza, mas eu acho que isso não me impede de tentar viver uma vida mais natural também. No meu caso eu tenho tentado começar pela minha alimentação, mas to passando pelas mesmas dificuldades que você na questão cosmética...os preços são bem mais altos, mas mesmo assim eu não vou desistir. O processo de adaptação vai ser lento, mas uma hora chegamos lá.
    Tu falando sobre cabelos curtos eu já fico aqui olhando o meu e já bate aquela vontade de deixar ele bem curtinho de novo, já que a parte de trás dele já está chegando no ombro e isso tem me deixado doida, porque tem dias que não tem santo que mantenha ele arrumado. hauhauha

    Beijos!!

    Relíquias da Lara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também sou super urbana Lara! Eu não sei se conseguiria viver "no meio do mato" por muito tempo hahaha! Mas não sei viver sem ter um cantinho verde.
      Maquiagem, cosméticos, protetor solar... ihh super difícil! Comida a gente já meio que sabe o que fazer, mas estes produtos de beleza não é fácil!
      Cabelos e seus dilemas diários... haha! :D
      Bjs ♥

      Excluir

Obrigada pela interação. Os comentários serão respondidos aqui mesmo ^-^