O mundo nos impulsiona a encontros tristes, pouco produtivos e que nos tiram impulso de vida.

A alegria é revolucionária e incomoda o outro, quanto mais alegre mais incômodo, isso porque o nosso entorno é dominado por forças impotentes, forças de manutenção das coisas e das relações como estão, a alegria surge como uma ameaça pois ela é capaz de desfazer relações já cristalizadas e estabelecer outras, a alegria é criadora.

Não é fácil cultivar bons encontros em um mundo sustentado por forças tristes. A lógica do escravo é preponderante, desde crianças somos ensinados a comportar conforme condutas estabelecidas, sufocamos nossas paixões alegres em prol de paixões tristes. Somos fabricados com corpos acostumados a responder às vilanias do entristecimento e ao depreciamento do prazer, nascemos e crescemos em um meio onde todos parecem julgar as vidas uns dos outros com a maior naturalidade e quando se trata de amar, bom… todos parecem se assustar.

As paixões tristes nos levam a impotências generalizadas. No mundo há muito mais paixões tristes, o capitalismo é um produtor em abundância de paixões tristes, manter os corpos tristes é o principal modo de fazê-los dóceis e desejantes dos produtos ofertados, não só bens materiais como espirituais, carros e estilos de vidas.

Daí a necessidade de encontros com o mundo que, unidos a um conhecimento que nos permita selecionar bons encontros, fortaleça-nos enquanto ativos e criadores da própria vida.

___
Pedaços de um texto do site Letra e Filosofia, senti que poderia ter sido escrito por mim, já que penso igual. Fonte
#BEDA


3 Comentários

  1. Nossa, sim!
    Por isso eu acho que todo mundo tem que fazer um esforço pra ficar feliz, porque um sorriso contagia demais, sabe? Coisa boa ler esse texto, Sana 🖤

    ResponderExcluir
  2. Fiquei até com vontade de ler o texto inteiro.. vou lá assim que terminar esse comentário.
    Tão real e tão triste isso que foi falado..
    Manter as pessoas escravas da tristeza para que elas continuem consumindo e consumindo e consumindo em busca de uma falsa felicidade.. puts..
    Nunca tinha pensado dessa forma, mas nossa.. cruel..
    Obrigada por isso! ♥
    bjin

    https://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pela interação. Os comentários serão respondidos aqui mesmo ^-^